Geometria com ilustrações torna-se mais fácil

Nas aulas de Geometria, ministradas no Colégio Arautos do Evangelho, de Joinville, a professora Eloisa Gavasso vem utilizando cartazes para ilustra-las. O resultado tem se mostrado positivo. Seus alunos, depois de terem recebido todas as noções teóricas básicas, podem participar da montagem dos painéis, aplicando as peças que conduzem à solução das questões propostas.

Foi o caso, por exemplo, da abordagem do teorema de Pitágoras. Além da sua demonstração no quadro em sala de aula, prof. Eloisa tomou em consideração experiências pedagógicas de outros países. Para pô-las em pratica recorreu às folhas de cartolina, réguas, estiletes e cola como novos instrumentos de trabalho.

Um dos cartazes baseou-se narração segundo a qual o geômetra grego Pitágoras (sec. VI a.C.), ao visitar um edifício de sua época, tendo examinado com atenção o piso de lajotas de formato quadrado, verificou que o suporte de uma das colunas existentes sobre este piso, apresentava uma base também de idêntico desenho quadrado.

Esse suporte formava, pela sua disposição oblíqua junto às lajotas, triângulos retos e isósceles, os quais apresentavam visualmente a conclusão que Pitágoras viria posteriormente a demonstrar com precisão matemática: a soma do quadrado dos catetos de um triângulo retângulo é igual ao quadrado da hipotenusa.

Segundo tal narração, portanto, teria sido a partir da observação desse piso de lajotas e das colunas nele dispostas, que Pitágoras teve elementos para formular seu mundialmente famoso teorema.

“No Colégio Arautos meu desejo é fazer uma experiência nova para estimular os alunos à viva participação nas aulas de matemática”, diz a professora Eloisa. “Os cartazes multicoloridos e com algo de quebra-cabeças convida-os a pensarem, acharem a solução e creio que esta é uma maneira agradável de os alunos participarem ativamente da aula, resolvendo suas dúvidas e dando sua opinião, o que possibilita que elaborem suas próprias conclusões”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*