Vivenciando a Quaresma

Já estamos findando a IV Semana do Tempo da Quaresma, iniciado na Quarta-feira de Cinzas, e partindo para a V Semana, para depois adentrarmos na Semana Santa. Eis um período dedicado à reflexão e à conversão!

Nas igrejas, o sacerdote celebra a Santa Missa com os paramentos de cor roxa, as músicas instrumentais não são ouvidas, e os textos separados para a Leitura da Palavra durante a celebração recordam aos fiéis à necessidade de uma mudança de vida.

Semana Santa na Basílica de Nossa Senhora do Rosário dos Arautos do Evangelho em São Paulo (2014)

Conforme ensina Papa São Leão Magno, “nós nos mortificamos para extinguir em nós a concupiscência. E o resultado da mortificação deve ser o abandono das ações desonestas e dos desejos injustos“. O pecado nos desvia do caminho do bem. A conversão é exatamente voltar ao rumo correto, fazer com que nossas vidas “entrem nos trilhos” que nos levarão ao Céu.

A Quaresma é, pois, um tempo de penitência, próprio para a revisão de nossas vidas, com propósitos de mudança e de sincera conversão, que redunda no desejo de praticar boas obras. É o Tempo para combater nosso orgulho e crescermos na humildade, com o auxílio da Palavra de Deus e sobretudo dos Sacramentos.

Preparando-nos para melhor celebrar a Páscoa do Senhor, com o espírito de oração, praticando o jejum e a esmola, poderemos receber as abundantes graças que a Divina Providência reserva para esse período.

http://www.joaocladias.org.br/MostraArtigo.aspx?id=111
http://oratorio.blog.arautos.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*