O alimento da alma

Na biologia se costuma dizer que o homem é aquilo que come; e bem acertada é essa máxima, pois ao ingerir algum alimento absorvemos todas proteínas, vitaminas, energias etc., que aquele mantimento contém, logo o ser humano é de fato – biologicamente falando – aquilo que come.
            Por isso devemos tomar real cuidado com o que nos alimentamos, dado inclusive boa parte das patologias serem provenientes de uma má alimentação.
            Se esse é um principio verdadeiro no campo físico e material, e o homem é um composto hilemórfico, ou seja possui corpo e alma, não é menos real que devemos também alimentar nossa alma, e tomar todo cuidado para que seja bem “nutrida”; inclusive mais atenção devemos à ela do que ao corpo, pois como nos ensina a boa teologia, o espírito é superior a matéria, nossa alma é eterna, já o nosso “irmão corpo” como o chamava S. Francisco de Assis, durará na melhor das hipóteses 120 anos.

            Como alimentar a alma? De muitos modos a estamos alimentando, nos ensina a Doutrina Católica, como por exemplo: a oração é um grande, e até indispensável alimento espiritual, ou mesmo a frequência aos sacramentos, os atos de virtude etc, são importantíssimos elementos para se manter um vida espiritual “robusta”.
            Entretanto há um outro alimento que muitas vezes não é muito contemplado na “dieta espiritual” mas que tem suma importância: A admiração.
            Assim como o homem é o que come, no campo material, poderíamos dizer sem titubear que no campo espiritual o homem é o que admira. Diz a Sagrada Escritura: “os olhos são as janelas da alma”, ou seja por onde entram todas as coisas, que levamos em nossa alma.
            Logo, nós que tomamos enorme cuidado com o  que comemos, devemos ter maior esmero e atenção no que admiramos, dado que algo daquilo que miramos fará de certa forma, parte de nós.
Admiremos coisas belas, que são reflexos de Deus na obra da criação, e teremos algo dessa beleza em nós, e desse modo estaremos cada vez mais próximos D’aquele que é a Beleza absoluta e Admirável por excelência…

4 Replies to “O alimento da alma”

  1. Salve Maria!fenomenal este texto.Bíblia+oração se me permitem,também é uma boa pedida.admirar o sorriso de uma criança que brinca inocente,o olhar de um idoso que sentado ao sol relembra o tempo de outrora,são tantas as boas coisas que temos para admirar e guardar no coração.Mas com certeza momento admirável e jamais terá outro melhor,é quando recebemos Nosso Senhor Jesus Cristo,que se dá na forma do pão e vinho.Alimento que nos faz seguir em frente.e mesmo se por alguma razão não se possa receber em espécie,podemos recebe-lo no silêncio do coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*